QUAL A HORA CERTA DE PLANTAR O CAPIM? POSSO MISTURAR SEMENTE COM FERTILIZANTE?

Autor: Wagner Pires

Publicado em: 12 DE JANEIRO DE 2021

Uma das dúvidas é sobre a possibilidade de misturar a semente com fertilizante. “Posso misturar a semente ao fertilizante? Cuidado, depende do fertilizante! O nitrogênio pode queimar a sua semente. O potássio pode queimar a sua semente. Existem vários elementos que queimam, que vão destruir a vida da semente. Então você tem que tomar muito cuidado com a mistura. Existem fertilizantes à base de matéria orgânica. Esses fertilizantes não queimam a semente. São os chamados organominerais. Esses, sim, você pode misturar tranquilamente. E também, é claro, os fertilizantes que só são à base de fósforo, como, por exemplo, fosfato natural reativo. Até o MAP permite que você misture, mas não abuse. Não deixe muito tempo misturado, não é aconselhável”, respondeu.

“E quando que eu vou jogar o fertilizante no momento do plantio? Você pode jogar antes, como também pode jogar junto. É fundamental que você incorpore esse fertilizante fazendo a última gradagem niveladora”, esclareceu.

O agrônomo salientou o impacto de devolver fósforo ao solo, uma vez que os bovinos retiram muito do elemento que está disponível na terra. “Eu quero que você preste atenção em uma coisa. Se você cria gado de carne, cada boi de 450 kg está extraindo do seu solo 4,5 kg durante a vida dele, de mamando a caducando. ‘Ah, mas eu ofereço fósforo através do mineral’. Não é a mesma coisa. Ele está extraindo aquilo do solo. Se você é um produtor de leite, cada litro de leite é um 1 grama de fósforo. Então todos os dias o gado está extraindo fósforo do seu solo. E os solos do Brasil são extremamente pobres em fósforo. Nós vamos falar mais sobre isso quando falarmos de adubação. Mas o que eu quero chamar a sua atenção é que é fundamental que você faça o plantio com um aporte de fertilizante fosfatado”, recomendou.

Como aplicar fósforo na pastagem?

Aprenda a fazer adubação de pasto

HORA CERTA

E quando será o momento mais adequado para, enfim, jogar a semente de capim na terra? “Cuidado com o plantio no início das chuvas porque, normalmente, no início das chuvas existem falhas e para de chover. Se a sua semente já está na terra e deu a primeira chuvarada, a planta precisa de temperatura e a semente precisa de umidade. Ora, se bateu a chuva e bateu o calor, ela rompe e começa a germinar. Mas se não vierem outras chuvas na sequência, a semente vai morrer e aí você vai perder o seu serviço. Então muito cuidado. Espere ter um início de chuva, espere ter uma reserva de umidade no seu solo”, indicou.

“E o plantio no pó pode ser feito? Eu só recomendo o plantio no pó quando se trata de uma área de várzea porque aí, sim, a hora que bater a primeira chuvarada, a várzea vai reter umidade suficiente para aquela semente germinar e não vai ter prejuízo. Do contrário, o plantio no pó é extremamente perigoso”, advertiu.

PRIMEIRO PASTEJO

“Quando eu coloco o gado para pastejar? ‘Ah, porque já me falaram que eu tenho que esperar o capim sementear para colocar o gado’. Está errado! Porque o capim vai crescer até o momento que o gado não consegue mais arrancar a planta. Quando vai ocorrer isso? Aos 60 ou 70 dias. Então você vai fazer um teste, vai puxar a planta com as suas mãos. Quando ela estiver firme, aí você coloca o gado para fazer o primeiro pastejo. O que é o primeiro pastejo? O gado só vai comer as pontas do capim e eu vou tirar o gado e ele vai perfilhar. O pasto vai perfilhar e aí a pastagem vai estar pronta”, revelou.

Saiba os cuidados com o plantio de gramíneas e o primeiro pastejo

“Percebe que é fácil você fazer, porém exige alguns cuidados. Com 30 dias, é fundamental que você faça uma avaliação se tem plantas daninhas e aí você aplica um herbicida e, nesse momento, você pode realizar uma cobertura com nitrogênio e potássio para estimular o desenvolvimento da pastagem”, sustentou.